Seguidores

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

"Sangue Bom" encerra sem repercutir futebol

A novela Sangue Bom se encerrou na sexta passada como uma novela romântica como outra qualquer. A ênfase ficou mesmo na formação de casais e no destino dos personagens. A parte futebolística da novelinha foi direto para o ralo, com repercussão totalmente nula.

Foi criado um núcleo de torcedores fanáticos pelo Corinthians na tentativa de popularizar ainda mais o futebol e principalmente o "time da Globo", cujo dirigente está sendo "educado" para ser o "novo Ricardo Teixeira", um supercartola a ditar (e lucrar muito com isso) os rumos do esporte mais popular do país.

E não é só. A meta era aumentar a popularidade entre as mulheres, já que para a Globo, o futebol deve ser curtido por 100% da população brasileira, seja de que raça, credo, sexo e ideologia for. A personagem Giane, integrante feminino do núcleo futebolístico interpretada pela atriz mais linda da geração pós-adolescente, Isabelle Drummond, foi escalada para tal missão. 

Missão solenemente fracassada, já que, mesmo com popularidade crescendo rapidamente entre as mulheres, o futebol não precisou de Giane para fazer as mulheres gostarem da modalidade esportiva. O caráter de obrigação social dado ao futebol, já cumpre essa "missão".

Giane acabou servindo mesmo para cumprir o estereótipo "gata borralheira" tão comum nas novelas mexicanas e brasileiras, em que uma mulher meio desajeitada se transforma em princesa encantada (no caso de Isabelle: e que princesa!!! Mesmo de cara lavada ela supera qualquer outra musa que esteja maquiada). Um clichê tão repetitivo que ficou chato por se tornar previsível.

Mesmo em crescimento entre as mulheres, o futebol se encontra em franca queda de popularidade entre os homens, o que pode transformar o futebol em esporte para mulheres. Resta saber após a copa organizada "em casa", se o Brasil vai continuar na monotonia de usar uma única modalidade esportiva como "único" motivo de orgulho para os brasileiros, mesmo em um país cheio de coisas maravilhosas para nos orgulhar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.