Seguidores

domingo, 17 de março de 2013

Neymar poderá se tornar um herói: mas não como todos estão pensando

O jogador Neymar certamente foi "educado" para ser o grande astro da copa de 2014. Ninguém pode negar que esta copa foi feita para ele. Muita gente pode até fingir que está de saco cheio do rapaz, mas para todo aquele que gosta de futebol, o franzino santista será o grande "herói" que iludirá as massas na copa que será realizada no país de OZ.

Mas ao meu ver, se o Neymar quer realmente se tornar um herói de fato, sem aspas, e totalmente de acordo com a realidade, ele deveria assumir uma postura inédita, acabando com o encanto de conto de fadas que nunca saí do futebol brasileiro.

Poderia, antes de tudo, interromper a sua carreira, mesmo abrindo mão da copa construída para ele, para poder estudar e servir de exemplo de conscientização para a população. Ele sumiria da mídia e voltaria alguns anos depois, já com a copa de 2014 encerrada, mais intelectualizado e menos farrista, com uma postura digna de ser realmente admirada por todos, incluindo os que não curtem futebol.

Aliás, ele poderia aproveitar e dar declarações púbicas em defesa dos que não curtem futebol. Já seria em si um ato de heroísmo e tanto, já que quem assume não curtir futebol é vítima constante de preconceito, desprezo e até de bullying, perdendo muitos direitos sociais e ficando sozinho, sem amizades e os benefícios que a vida social pode oferecer.

Neymar poderia ostentar ainda menos a riqueza ou ainda distribuir renda, relembrando o passado de pobre que viveu, abrindo mão da vida luxuosa de playboy irresponsável que a maioria dos jogadores adora expor.

São essas atitudes que realmente transformarão Neymar num herói de verdade. Até porque chutar uma bolinha em uma rede não é ato de heroísmo nenhum, a não ser na mente de pessoas infantis e sem motivos reais para se orgulhar do país e de si mesmo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.