Seguidores

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

O que é pior que uma broca dentária? Broca dentária diante de um jogo de futebol?

Hoje vou contar um fato engraçado. Todos tem medo daquela broca dentária, pois além daquele barulhinho irritante, quando atinge algum nervo dentário, dá aquela dor forte que chega a ser insuportável em alguns casos.

Mas hoje eu terei um tempero a mais para esse incômodo, já que terei que fazer um tratamento dentário exatamente na hora do jogo da "seleção", num consultório que tem uma TV instalada nele. E como vivo em Niterói, região metropolitana do Rio de Janeiro, onde o fanatismo pelo futebol é muito forte, a ponto de ser considerado uma ofensa alguém assumir que não curte futebol, entrei numa cilada bem pior que o barulhinho da broca. Com quase certeza, o dentista vai querer deixar a TV sintonizada no jogo e ainda achar que isso vai me deixar mais tranquilo durante o tratamento (e não vai). Reparem que é só um amistoso. Imagine se fosse época de copa? Eu estaria ferrado.

Vamos ver o que vai acontecer. Vou assumir ao dentista que não curto futebol e que não estou a fim de ver o jogo. Ele pode até se chatear, mas como profissional tem a obrigação de fazer um trabalho dentário bem feito. Eu é que não tenho a obrigação de gostar daquilo que não me traz prazer.

Acho que o barulhinho da broca soará como música nos meus ouvidos. bem mais que aquela musiquinha chata que a Globo coloca para divulgar os jogos de sua tutelada equipe de analfabetos.

----------------------------------------------------------
NOTA: Aliás, a Globo deve estar matando saudades de seus pupilos, já que ela é acionista da CBF e doeu no coração não poder transmitir os jogos de seus "meninos", sem a voz do grande guru dos brasileiros: Galvão Bueno.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.