Seguidores

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Porque o futebol fascina tanto?

Não dá para entender a sociedade brasileira. Isso parece não ter lógica. Como é que um esporte sem graça como o futebol pode ter tanta popularidade, ganhando status inclusive de dever social?

Veja se não é estranho. Num campo excessivamente esverdeado, 11 jogadores analfabetos e feios, de baixo intelecto, pouco senso moral e péssimo gosto cultural, correndo atrás de uma bola, com o objetivo de chutá-la a uma rede. Quando a bola entre numa rede uma multidão de ensandecidos começa a berrar feito bicho, mesmo sabendo que o prêmio conquistado por quem chutou nunca vai parar na mão de quem gritou. Como um esporte que pode se resumir nesta descrição pode ser "tão fascinante"?

Com muito raciocínio frio, a única conclusão que se pode chegar é que o fascínio do futebol está na sua extrema popularidade, não no esporte em si. para a maioria, gostar de algo que quase todos gostam é um atestado de qualidade, mesmo falso, já que ainda temos aquela crença antiquada de que "se a maioria gosta é porque é melhor". Há mais de 30 anos já apareceram muitas provas de que isso não é verdade.

Mas somente isso pode explicar esse "encanto" que o futebol exerce, pois nem mesmo seus praticantes são pessoas dignas de serem seguidas por multidões, pois os jogadores - salvo raras exceções - são sujeitinhos vindas das classes mal instruídas, ingênuos, sem noção da realidade e que só querem farrear e ostentar a riqueza repentina que é o oposto da vida que tiveram antes da fama. São pessoas sem nada a dizer, sem lições a ensinar, mas que são seguidas da mesma maneira que foram os líderes déspotas de tempos antigos.

A sociedade brasileira é uma sociedade imatura. A fama de alienados já chegou ao exterior, sendo inclusive tema de piadas sobre brasileiros. Ainda vai demorar muito - e depender de uma imensurável decepção - para que a sociedade brasileira amadureça e deixe de vez a chupeta que até hoje vive grudada em sua boca e que somente um esforço intelectual poderá fazê-la largar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.