Seguidores

domingo, 5 de fevereiro de 2012

A Festinha

Dois amigos conversam sobre a realização de uma festa na casa onde moram.

- Rapaz já decidi que vamos fazer uma festa.
- Discordo. Não é bom momento de fazer uma festa. Tem muita coisa para arrumar...
- Mas festa todo mundo gosta. E ela servirá para pagar a nossa reforma de nossa casa.
- Você acha que vai dar? Os convidados não são de pagar. Já pagarão pelo convite de má vontade.
- Mas vão pagar sim. E muito. Vai dar para consertar a casa.
- Amigo, eu te conheço. Não é parar consertar a casa que você quer esse dinheiro. Além disso, depois da festa teremos mais sujeira para limpar, coisas quebradas para reparar, mais comida para comprar...
- Rapaz, fica tranquilo. Está tudo garantido.
- E se não vier ninguém? E se a quantidade de convidados não for o suficiente?
- Tá duvidando? Seja mais otimista" Eu quero e festa e está decidido.
- Vai por mim, pode ser um fracasso.
- Eu não acredito em fracasso! Vamos fazer a festa!
- Quem avisa amigo é. Melhor evitar o prejuízo.
- Eu quero a festinha. Arrumei a casa pensando nela e faço questão! Festa urgente.
- Tá. Mas vai arcar com as consequências...

Tempos depois, os dois amigos estão debaixo da ponte, sem moradia, comendo do lixo, pois não tiveram dinheiro para pagar as dívidas e tiveram a casa e os bens apreendidos por falta de verba.

Essa estorinha não lembra muito uma grande festinha que teremos em 2014?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.