Seguidores

domingo, 11 de dezembro de 2011

Internet mostra que existem muitos que detestam o futebol e que o número deles aumenta cada vez mais

Realmente a internet é o meio de comunicação mais democrático que existe. Na rede temos a oportunidade de conhecermos pontos de vista que não aparecem em outros meios, sobretudo na televisão, onde aparece apenas o ponto de vista dos donos.

Zarpando a procura de vários textos na internet para postar aqui, fiquei sabendo que aumenta cada vez mais pessoas que assumem não curtir futebol, se incomodando com o fanatismo maciço que é imposto à sociedade brasileira, que insiste em pensar que gostar de futebol é um dever cívico-social que nunca deve ser recusado. Ideia, aliás, defendida pelas redes de televisão.

Para quem usa a lógica, sabe que a maneira com que o torcedor de futebol se comporta é bastante ridícula. Isso pode, com o amadurecimento da sociedade, aumentar ainda mais o número de não-torcedores, fazendo com que aos poucos, a marca de "identidade nacional" do futebol possa desaparecer com o tempo, devolvendo a modalidade esportiva a sua função de origem: um mero passatempo para as horas de lazer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.