Seguidores

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Esporte estimula o egoísmo

Os praticantes e defensores de qualquer esporte vão ficar bastante revoltados com o título acima, mas quero dizer que se eles estão revoltados é porque não usaram a lógica. Esporte realmente estimula o egoísmo. Sabem como? Através da competitividade.

Competir é algo bastante primitivo. Significa impedir algum outro indivíduo de conquistar algum benefício desejado. Competição existe quando um determinado benefício é único ou escasso e não há possibilidade e nem vontade em repartir esse benefício.

Competir na verdade é empurrar o outro, para que ele caia e com isso, perca, de alguma maneira, a oportunidade de conquistar tal benefício. Curto e grosso: competir é não querer que o outro seja feliz.

A competitividade é, sem dúvida, a principal causa da violência no esporte, pois muitos acabam brigando por um benefício que só será concedido a um dos participantes. Se todos pudessem ter o mesmo benefício, ninguém brigaria.

Mas como ainda estamos na infância evolucional da humanidade, apesar da evolução tecnológica dar-nos a ilusão de que "estamos prontos e amadurecidos", muitos aspectos da vida instintiva dos povos primitivos ainda se mantem (mas adaptados ao nível evolucional atual) e muitos ainda acreditam em sua manutenção.

O ideal seria tirar o caráter competitivo dos esportes. Mas isso tiraria a graça dos esportes, embora fosse mais coerente com os argumentos de quem defende a atividade esportiva como forma de sociabilização.

O jeito é esperar ainda a humanidade a desenvolver e compreender o que é realmente amar ao próximo para entender que não podemos mais menter essa contradição "competitividade x sociabilização" nas atividades esportivas.

Pois nesse jogo "competitividade x sociablilização", a competitividade continua ganhando, excluindo muita gente através de derrotas de todos os tipos, o que só aumentará a violência, nem, que seja meramante psicológica, inerentes às atividades esportivas.

Agora, veja esse vídeo abaixo e reflitam comigo. Como é que portadores de Síndrome de Down, tidos como supostamente "retardados", possam agir com mais maturidade e inteligência que todos os "normais"? Esse vídeo mostra que dá para tirar a competitividade do esporte, fonte certa do sentimento de egoísmo que causa tantas perdas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.