Seguidores

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Porque eu gosto de "Uma Partida de Futebol", divertida canção do Skank

Estranho. Eu não curto futebol e me enojo com o fanatismo dado ao esporte, que o transforma em algo ultra-importante, como se fosse um compromisso e não uma forma de lazer. Mas adoro a música Uma partida de Futebol, composta por Samuel Rosa e Nando Reis e gravada pela banda mineira Skank, banda liderada por Rosa.

Com boas rimas e uma letra ágil que se encaixa com perfeição na melodia - algo que começa a não ficar mais comum, ela não estimula o fanatismo futebolístico, se limitando a descrever o prazer de que curte futebol. Curtir o futebol de maneira sadia é bem legal. Pena que o brasileiro não sabe curtir futebol com moderação, sempre resvalando para o fanatismo doente que coloca o futebol acima da própria vida.

A música é um dos maiores sucessos da fase alegre do Skank, que considero a melhor fase da banda mineira. Não que a outra fase fosse ruim - é ótima também. Mas ouvindo Uma Partida de Futebol e outras da mesma fase, percebe-se que a vocação do Skank é criar canções alegres, dançantes, animadas, feitas para fazer a plateia pular (como aconteceu em um show deles que pude assistir - muito legal). Nesta fase a criatividade do Skank aflora e sai verdadeiros clássicos como Uma partida de Futebol, uma canção perfeita, que diverte tanto que consegue sensibilizar inclusive pessoas que como eu, não curtem futebol.

Boa sacada de Samuel Rosa e Nando Reis que, inspirados, souberam criar uma das mais legais músicas que nosso país já conheceu. Canções como essa que consagraram de vez o Skank como uma de nossas melhores e mais honestas bandas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.