Seguidores

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Reposta a postagem de Adamo sobre a hipocrisia nas obras

A sociedade brasileira tem a tradicional convicção de que o futebol está no sangue do ser humano, devido a quase unanimidade dada ao mesmo em nosso país. Muitos pensam que a demanda que virá para assistir aos jogos é gigantesca, com base nesse raciocínio de que todos gostam de futebol. Eu mesmo não curto futebol e sei que esse esporte é impopular na maior parte dos países. Só virão aqui quem gosta de futebol e não são tantos quanto parecem. Além disso, televisões irão transmitir os jogos para as redes locais, o que ajudará a diminuir ainda mais a demanda que virá aqui.

Mas não tem jeito, as convicções são de que virá a humanidade inteira para o país em 2014 e as obras e a expectativa da sociedade estão sendo baseadas nisso, o que poderá resultar numa decepção e num desperdício ainda maior.

Os mexicanos foram mais realistas, apesar do possível argumento dos brasileiros de que o PAN tem demanda bem inferior ao de uma copa (que pode não ser verdade, visto a diversidade esportiva do PAN contra a copa que só tem uma modalidade esportiva apenas), racionando os gastos e privilegiando a sua população.

Ah, não esqueçamos que é tradição em nossa sociedade o hábito de "babar o ovo" dos estrangeiros, algo que sabemos não ser recíproco lá fora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.