Seguidores

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Football Facts

Nesta semana, o futebol foi utilizado para ilustrar alguns fatos que diretamente nada tem a ver com o mesmo, mas cuja citação ajuda pacas a manter o fanatismo alienante intacto.



- A novelinha-que-nunca-termina Malhação, recebeu em um de seus capítulos a participação de Neymar e Ganso. Mesmo feiosos e analfabetos, os trastes ainda tiveram direito a tratamento de galãs e nos episódios, conseguiram conquistar duas garotas. O episódio teve estrondosa audiência. Só imbecis cultuam imbecis participando de uma novelinha imbecil.



- O diretor de redação de O Globo morreu aos 49 anos de doença degenerativa. O jornal no qual trabalhava, pertencente a uma organização que lidera o processo de hipnose futebolística no país, tratou de dizer que ele era falmenguista e que seria homenageado no jogo de seu time que ocorreria no mesmo dia da nota (ele morreu no dia anterior). Nem na morte de alguém eles deixam de falar em futebol. Patético.



- E mais morto futebolístico. Ao noticiar o velório de duas das vítimas do acidente com o bondinho de Santa Teresa, um dos caixões estava coberto com a bandeira do time do Botafogo, focalizado com nitidez. Nem na morte de alguém eles deixam de falar em futebol (Volume 2). Assim eu não aguento.



- Luciano Huck, a raposa em pele de cordeiro em pessoa, organizou um joguinho (p)ilantrópico em uma comunidade (eufemismo para "favela"). O mesmo oportunista apresentador, que apesar de posar de santo, ainda continua tão rico como sempre foi, está lançando um concurso para incentivar o surgimento de novos craques de futebol (leia-se novos analfabetos a vencer na vida sem pegar em uma só página de um livro), para perpetuar a alienação. E como a elite, da qual o Incrível Huck nunca deixou de fazer parte, adora gente alienada, assim será feito.



- Se não bastasse tudo isso, todas as notícias sobre as obras e aquisições para melhorias na mobilidade urbana das cidades brasileiras, sempre citam "para a copa", "para a copa", "para a copa", deixando claro que essas melhorias estão sendo destinadas a esses eventos, permaneçam ou não. Mesmo em cidades que não serão sedes na copa ainda repetem o mantra.



Assim caminha a humanidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.