Seguidores

terça-feira, 14 de junho de 2011

Em Dubai, Maradona critica Fifa e chama Blatter de dinossauro

OBS: Legal a FIFA estar sendo alvo dessas denúncias, que aumentam a cada dia. É bom para idiotada aprender que futebol é negócio e que tudo é feito para que o interesse dos cartolas se sobreponha a outros objetivos.

Em Dubai, Maradona critica Fifa e chama Blatter de dinossauro

FOLHA DE SÃO PAULO - 04/06/2011 - 09h42

O ex-técnico da seleção argentina Diego Maradona foi apresentado pelo Al Wasl, dos Emirados Árabes Unidos, neste sábado, onde vai comandar o clube da capital Dubai por duas temporadas. O acordo já havia sido divulgado no início de maio.

Durante sua apresentação, Maradona foi recebido por cerca de cem jornalistas e criticou os dirigentes da Fifa, recentemente acusada de corrupção na escolha da sede das Copas de 2018 (Rússia) e 2022 (Qatar).

"Quando você tem muito poder, você pode fazer muitas coisas estúpidas e é isso que tem acontecido com a Fifa", disse. "Todos os dias, há corrupção, manipulação de resultados e escândalos. Isso não é futebol. Não é algo que as pessoas que gostam de futebol merecem", prosseguiu.

O ex-jogador, campeão do mundo em 1986, também falou sobre a reeleição do presidente Joseph Blatter, 75, candidato único, na última quarta. Maradona se referiu ao dirigente como um 'dinossauro' na entidade.

"Infelizmente na Fifa nós temos um museu, um grande museu. São dinossauros que não querem perder o poder. Ele [Blatter] é apenas mais um [dos dinossauros]. Seria melhor que eles saíssem, fossem cuidar de outras coisas", completou.

No Al Wasl, Maradona terá sua primeira primeira experiência como técnico após a Copa do Mundo-2010 --competição em que a Argentina foi eliminada pela Alemanha nas quartas de final.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.