Seguidores

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Quero um país desenvolvido campeão da copa

Ingênua essa população brasileira. Na hora de torcer, preferem que ganhem ou a "seleção" brasileira ou a de um país sub-desenvolvido. Argumentam que a conquista representa uma "alegria" para pessoas acostumadas a sofrer. Tolos!

Substituir a alegria verdadeira de uma qualidade de vida digna, satisfatória, por uma alegria postiça de uma evento de lazer, uma mera brincadeirinha é, sinceramente, coisa de gente bem trouxa ou que gosta de sofrer.

Portanto, quero um país desenvolvido, ricaço ganhando a copa. A Alemanha, por exemplo. Nesse país, o povo já não sofre tanto, e, tendo a alegria verdadeira de uma vida digna, pode realmente se entregar a alegrias fictícias da brincadeirinha da copa.

Os brasileiros, ao invés de ficarem rezando para a conquista de um bezerro de ouro que é a taça, deveria rezar por melhorias de vida, sair as ruas para incomodar autoridades, cobrando delas a responsabilidade que tem. É boicotando produtos de grandes empresas, para que empresário gananciosos entrem na falência, é educando (mesmo!) as crianças com inteligência e não se limitando a matérias didáticas, mas ensinando cidadania e respeito ao próximo. Essa deve ser a mobilização da população de nosso país.

Mas como crianças dotadas de retardamento mental, as pessoas no Brasil choram, matam e morrem por essa tal de copa, que seria válida, se fosse vista apenas como uma diversão. Associar patriotismo a copa foi uma ideia infeliz que acaba conduzindo o nosso país para o caminho oposto ao que deveria seguir.

E lucram-se empresários, cartolas, jogadores e equipe técnica, rindo da cara de um povo trouxa que deixa de comer para comprar cornetas, bandeiras, camisetas e até caríssimas TVs só para se dedicar a essa pataquada toda. Um povo assim merece continuar sofrendo, e muito, para aprender a deixar de ser infantil.

Por isso, eu torço para que um país bem desenvolvido, com excelente qualidade de vida ganhe essa copa. nem América Latina e muito menos a África (que vai sair no prejuízo por ter organizado esse mega-evento, algo que os "patriotas" de meia tigela nunca vão saber e que poderão pagar depois que a copa de 2014 acabar) merecem ganhar.

Quem não dá boa vida ao seu povo merece mesmo é se afundar em um poço e não sair mais dele até que amadureça e não coloque brincadeiras de criança no lugar de necessidades.

Tomara que a Alemanha ganhe. Se não for, outro país rico já basta. Eles não precisam de ilusões para serem felizes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.