Seguidores

terça-feira, 11 de maio de 2010

Copa, copa, copa: nem começou e já não aguento mais!!!

Hoje teremos a maldita escalação para jogar essa porra de copa do mundo. Esté sendo tratado como um evento importantíssimo, como se a vitória dessa $ele$$ão fosse trazer a paz mundial ou acabar com as injustiças na face da terra, devido a exagerada importância que o povo tolo dá ao evento.

Nada tenho contra quem gosta de futebol de maneira sadia. Futebol curtido sadiamente, como divertimento apenas, é bom. Mas sei que não é de maneira sadia que o povo curte esse esporte (viu? Esporte, lazer, divertimento e é só isso! Só isso, viu?). O povo, fanático, trata como dever cívico. Até quem não costuma gostar de futebol passa a gostar em época de copa justamente por acreditar ser um dever cívico. Mas não é e nem vai melhorar vida de brasileiro nenhum.

Temos 5 títulos na mão. E continuamos com os mesmos problemas, as mesmas injustiças, a mesma miséria. O futebol vai melhorar a vida de quem? Só dos jogadores e equipe técnica. Dos patrocinadores eu nem digo, já que nasceram ricos mesmo.

O Zé Poveco deve pensar assim: seu barraco caiu? Futebol resolve. Não tem comida? Come a bola. Viciado em drogas? Vicie-se em futebol? Está sozinho? Namora o Adriano. Vai morrer? Morra pela seleção.

Não aguento mais essa alienação toda em torno de um esporte que nada de concreto vai trazer de bom ao povo. Somente um título. Nem a taça vai ficar com o povo. Vai ficar na CBF, na mão dos cartolas. Se derretesse o ouro da taça para resolver os problemas dos pobres, já seria alguma coisa.

Povo sem educação, manobrado pela mídia e pelas regras sociais, burro, alienado é isso aí. Tome mentira e tome a manutenção das injustiças. Acreditam que o grito de "gol!" soe como "socorro!" nos ouvidos da elite. Elite que com certeza estará alheia a essa patriotada toda. Porque ela é quem cria esse circo, ela é quem sabe as falcatruas desse sistema.

E depois da copa, com a seleção vitoriosa, a carruagem vira abóbora e voltaremos aos problemas de antes, que todos se negaram a resolver.

E ainda temos que aturar o principe encantado se transformar em imperador. O imperador Adriano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.